Nova Olimpia (MT), 16 de agosto de 2022 - 10:28

? ºC Nova Olimpia - MT

Política

05/08/2022 15:13

União Brasil oficializa Soraya Thronicke para Presidência e candidata fala em imposto único

Por Alexandre Caverni

 A senadora Soraya Thronicke (MS) foi oficializada candidata à Presidência pelo União Brasil nesta sexta-feira prometendo governar sem amarras ideológicas e lançando, ainda sem detalhes, a proposta de um imposto único federal, ideia histórica de seu candidato a vice, o economista Marcos Cintra.

“O radicalismo fez o Brasil andar para trás. Precisamos de alguém na Presidência com liberdade para governar, sem amarras ideológicas. Minha aliança é com a democracia, é com o povo brasileiro”, disse a candidata em discurso na convenção do União Brasil, em São Paulo.

Candidato a vice de Soraya, Cintra foi secretário especial da Receita Federal no governo Bolsonaro e é um ferrenho defensor de um imposto único.

Soraya Thronicke se tornou candidata à Presidência na última hora. Até o início da semana, o pré-candidato do partido era o presidente da legenda, deputado Luciano Bivar (PE), que deve tentar a reeleição à Câmara dos Deputados.

Ao ter seu nome lançado na disputa na última terça-feira, Soraya e Bivar esquivaram-se de determinar um público específico para a candidatura da senadora, e não disseram se têm como alvo os eleitores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), primeiro colocado nas pesquisas, ou do atual presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL), em segundo lugar.

Nesta sexta, ela procurou se equilibrar na crítica aos dois lados. “Em 2018 nós votamos para tirar o que estava errado e agora, em 2022, votaremos para tirar o que também não deu certo”, afirmou.

 

No segundo turno das últimas eleições, Bolsonaro enfrentava o petista Fernando Haddad, que disputou a Presidência diante da prisão e impossibilidade da candidatura de Lula.

Soraya foi eleita senadora naquele ano pelo PSL, na onda que levou à eleição do atual presidente, que pertencia ao mesmo partido. O União Brasil é fruto da fusão do PSL com o DEM. Mas Bolsonaro deixou o PSL no final de 2019 após uma disputa pelo controle da legenda com Bivar.

A candidata prometeu trabalhar para superar a desiguladade no país, lutar contra os preconceitos e tornar o Estado mais eficiente.

“Nossa população está na fila do osso, morando nas ruas, o que é inaceitável”, lamentou.

Procurando mostrar otimismo com a eleição, Soraya disse que o “jogo não está definido, o jogo nem começou”.

A campanha eleitoral começa oficialmente apenas no próximo dia 16, mas ela terá um trabalho difícil pela frente para se fazer conhecer. Última a entrar na corrida presidencial, seu nome sequer apareceu nas pesquisas eleitorais até agora, enquanto outros candidatos faziam inúmeros eventos de pré-campanha.

Com a candidatura de Soraya Thronicke, o Mato Grosso do Sul terá duas senadoras concorrendo ao Palácio do Planalto este ano, já que Simone Tebet é candidata pelo MDB.

 

Img 20190122 wa0077
20181115 075945
5cc3155a 60da 4bfe 810c cbbefd4935b9
Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo