Titulo fixo

Nova Olimpia (MT), 22 de setembro de 2019 - 12:05

? ºC Nova Olimpia - MT

Curiosidades

13/09/2019 07:30 Fonte: Rd News

Médico confirma situação climática crítica e ensina como enfrentá-la – saiba mais

 
 O clínico geral, Marcelo Sandrin, ressaltou a importância da população seguir as orientações de saúde para não sofrer consequências das altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar – nesta quarta (10) a taxa que mede a qualidade do ar chegou a 15%, considerada como estado de emergência pela Organização Mundial de Saúde (OMS). 

O Instituto Nacional de Meterologia (Inmet) divulgou uma alerta para Cuiabá e 27 outras cidades de Mato Grosso, conforme o aviso classificado como de grande perigo, há risco de morte por hipertemia devido as altas temperaturas registradas. 

Para Sandrin, a situação climática da capital é emergencial. Ele explicou que o organismo humano tende a “sofrer” com o clima desértico – nas últimas semanas a temperatura tem oscilado entre 40°C e 41°C, mas a sensação térmica costuma ser maior. 

“O corpo físico está ‘destroçado’. O organismo precisa ser forte para aguentar as altas temperaturas, além das oscilações”

“Podemos ter reações a nível, até mesmo, de relacionamentos, as pessoas ficam irritadas, o corpo físico está ‘destroçado’. O organismo precisa ser forte para aguentar as altas temperaturas, além das oscilações, já que, durante o dia o termômetro chega a 42°C e durante a madrugada pode cair para 22°C”, disse. 

O médico também alertou para o risco de desidratação crônica, conforme Sandrin, não existe medida idel para ingestão de líquidos e os cuiabanos devem beber água o suficiente para saciar a cede. Ele também ressaltou a importância de pessoas com insuficiência renal e hepática procurarem um especialista para não sofrerem desidratações neste período. 

“Utilizar hidratantes em abundância, assim como produtos específicos para umificar o nariz”

A alimentação em dias de altas temperaturas é outro fator que deve ser observado com atenção, de acordo com a orientação do clínico geral, os moradores de Mato Grosso devem optar por frutas e legumes que contenham muita água.  A ingestão de alimentos gordurosos também deve ser evitada. 

Devido à baixa umidade relativa do ar e a exposição diária ao sol, é comum que as narinas, lábios e pele fiquem ressecados. Sandrin afirmou que é necessário utilizar hidratantes em abudância, assim como produtos específicos para umificar o nariz. 

Outra providência que o médico destacou como de grande importância é molhar toalhas e encher baldes de água durante a noite. O ar-condicionado tende a ressecar o ambiente, por conta disso, Sandrin explicou que a melhor forma é a antiga tática, além do uso de aparelhos umidificadores. 

O médico também afirmou que, caso a situação climática em Cuiabá não amenize nos próximos dias, as unidades escolares devem avaliar a suspensão das aulas. 

Exercícios físicos 

Para o clínico geral, pessoas que possuem o costume de praticar exercícios físicos durante o dia devem suspender as atividades. De acordo com Sandrin, a exposição ao sol durante o dia – neste período crítico – significa um risco para o organismo humano. 

“Também temos lidado com o fato da poluição extrema, estamos respirando fumação, além do calor. A temperatura ideal para um pulmão é de 37°C”, explicou. 

Rodrigo vargas

Marcelo Sandrin

Médico Marcelo Sandrin orienta a beber água, comer frutas e verduras e dar um jeito de umidificar o ambiente

 

Cena em Cuiabá nesta época do ano é assim: há dias em que quase não é possível ver os prédios, devido à fumaça, proveniente de queimadas, que fica no ar

Orientações da Defesa Civil 

Por meio de nota, a Defesa Civil informou que ainda não havia recebido oficialmente nenhum alerta do Inmet. Mas ressaltou que, por conta da baixa umidade relativa do ar, alguns cuidados e orientações devem ser levados em consideração pelos cuiabanos. 

“Com a temperatura 5ºC acima da média, hipertensos, cardíacos e casos de hipertermia expiram cuidados especiais como evitar aglomerações, exposição solar, atividades físicas. É indicado neste período, umidificar os ambientes, beber muita água e se puder, ficar em ambientes climatizados. Em casos de náuseas, dores de cabeça, fadiga e diarreia, é importante procurar uma unidade médica com urgência”, diz trecho do documento.

 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo
Copie e cole seu código de anúncio AMP apenas uma vez no código-fonte HTML das páginas em que você quer exibir anúncios. O posicionamento do código de anúncio não reflete a posição do anúncio.